domingo, 25 de novembro de 2012


Apesar do conturbado convívio, cheio de brigas por conta do alcoolismo de nosso pai, sempre nos mantivemos unidas. E nesse momento complicado de nossas vidas, só nos uniu mais ainda. Torço pelo meu pai e por você para sair dessa. Só quero que sejamos felizes um dia, como todas as famílias normais que vejo por aí.
Deus esta do nosso lado, tenho fé que tudo irá se resolver!

sábado, 24 de novembro de 2012

Aperte PLAY

Vou soltar o PAUSE e apertar PLAY.
Tenho que seguir meus próprios caminhos e fazer minhas próprias histórias. Portanto preciso de novas trilhas sonoras.

quinta-feira, 22 de novembro de 2012

Silêncio.


Preciso bem mais desse silêncio, que me faz esquecer o acontece, a cada minuto. Gosto de ouvir o som do silêncio vindo de longe, onde posso entender o que acontece comigo. Sei que os anjos não irão me deixar, acredito nos escudos de proteção a minha volta.
Estar entre dois mundos, é o que faz bem, flutuar, me ver em momentos, lugares, situações diferentes, é o que me faz escrever o que sinto ao invés de falar. Me sinto bem assim! Não que eu seja egoísta, é que a muito tempo sinto saudades de mim. Mesmo que minha história não seja contada nos melhores livros, canções ou poemas, preciso expor um breve relato sobre esse pedaço de ser humano, tão pequeno e indefeso, que por vezes coloca uma armadura para proteger-se, e proteger também algumas pessoas que ama. Não quero aprisionar-me em coisas que não me farão bem, apenas por fazer bem aos outros... Como posso expulsar todos esses medos interiores, que se amontoam dentro de mim? Ficarei aqui esperando os sinais, encontrarei um caminho e seguirei a estrela mas brilhante do céu; ficarei aqui, quem sabe em uma noite,em  um dia, um momento, isso acontecerá.
Sentimentos meus, agora expostos!
Um breve relato!
Um ser, bem mais vivo é o que sou.

quarta-feira, 21 de novembro de 2012

O inconfundível acaso.



" E ao ver o descortinar dos teus olhos, me vi em completo e perfeito espanto. Com o desabrochar do teu sorriso me vi cada vez mais em abismo. Abismo que me leva até você, me envolvendo em teus braços que acalentam." Esses verbos descrevem a impossível distância de duas pessoas que dependem uma da outra para estarem vivas, que mesmo com o passar do tempo, ainda assim, continuam com os mesmos verbos de anos atrás. Um salto para um mundo diferente tentou-se, mas o "paraquedas" não funcionou; talvez tenha sido o inconfundível acaso!

Ver.
Levar.
Envolver.
Acalentar.


terça-feira, 20 de novembro de 2012



Tudo que vem de dentro do coração, expõe a alma. As lágrimas, risos, gestos... acabam entregando de vez quem você é de verdade. Expor tudo isso, nos deixa leve e abertos para novas experiências

segunda-feira, 19 de novembro de 2012

Lembranças.



As noites chuvosas sempre me trazem boas lembranças. Pois gosto do simples e do que me cativa para coisas mais simples ainda. Era um dia bem atípico dos outros quando percebi que tudo poderia ser diferente e interessante. De repente, ficou estranho imaginar coisas e situações que jamais poderiam ser concretizadas. Bateu uma saudade de tudo aquilo que estava guardado em uma caixinha cheia de energias e vibrações positivas, que me fazem silenciar sempre que toco nela. Aquelas noites tinham cheiro de chocolate e rosas, o que me faz sentir de novo sensações de um tempo nem tão distante, e que cada vez mais me traz lembranças que tornam-se presentes e constantes. 
Preciso que tudo isso torne-se presente e futuro!

Sim, é isso!

Vamos sem direção. Vamos colorir esse dia cinza, que vem se estendendo por dias e dias. Quero mais lápis de cor, quero mais papeis embranco, quero seguir sem direção, sem medo do que virá. Sim! é disso que preciso, colorir... Não quero mais ter dias onde me faltam coisas e pessoas, nem dias que parecem que sobram coisas pra sentir ou pra fazer. Vamos viver! Vamos nos permitir.


Será que você ainda pensa em mim?


Afinal, quais são as coisas que posso usar pra te prender? Será que você ainda pensa em mim?
Eu queria ver bem lá no fundo dos teus olhos insanos o que realmente você quer. Quais são as cores e as coisas que posso usar para te prender? Quando não obtenho respostas que me façam crer que estou no controle de tudo, te odeio em um segundo, mas tenho raiva de mim porque te amo mais e depois enfraqueço. Chego a pensar bobagens e desacreditar em tudo que eu falava, quando me julgava forte de mais; de tanto evitar teus olhos, não pude mais saber quem realmente sou. E só de pensar na possibilidade de tudo isso fugir dos meus olhos, sei que tudo ficará fora de lugar. Prefiro inventar um amor para nós dois. Eu só quero te ver de novo como vi à algum tempo atrás...Você pra mim é uma incógnita, e talvez seja isso o que me atrai. Que belo perigo!

domingo, 18 de novembro de 2012

Sarah Furtado

Ela tão pequenina, que vi crescer tão linda e tão sabia...
Como é engraçado vê-la acordar com a carinha emburrada, por causa do barulho fora do seu quarto- um lugar ao qual ela não gosta muito- que por muitas vezes vem da janela.
Ela vai se situando e tentando entender onde esta e porque! Como é bom ter com quem conversar sem se preocupar com o tempo e ouvir o sorriso meio desengonçado dela, que me faz sorrir só de vê-la sorrindo.
Sarah, sararal, bimba, pinunga, entre outros, quero expressar nessas palavras - não sei se vai gostar- a falta que você faz. :D
<3

terça-feira, 13 de novembro de 2012

Ops. De repente um senso de humor.

*******************************
A vingança é um prato que se come frio.
O danado que fui esquentar, e perdi a vontade de comer. Sabe de uma coisa? Me sinto bem melhor, pois assim vou perdendo uns quilinhos, enquanto uns e outros vão se enchendo de besteiras.

:) :)

Eu sei que ainda posso voltar.



Desprovida de tudo que seja certo para todo mundo, tentei fugir dos olhares e palavras colocadas em momentos nada convencionais. No entanto, me pego sempre com o pensamento voltado para as mesmices. Talvez seja medo do que virá, ou ate mesmo por saber de tudo que realmente irá acontecer. Viver em sitônia comigo tem sido muito difícil! Por isso cada vez mais tento entender onde estou, como irei ficar daqui há alguns anos, e com o passar do tempo, tenho que entender que mesmo distante de mim preciso sorrir, talvez assim consiga chegar mais perto do que sou. Eu sei que ainda posso voltar.
Enquanto a vida vai e vem, e as coisas vão mudando de lugar e de cor, vou seguindo a correnteza. 

Esse tic-tac.



Esse pedaço de ser humano cheio de defeitos e com tantas coisas para aprender, tenta a cada dia levantar-se sem a ajuda de outro ser. Um modo de vida bem diferente planejou-se, mas deixou que o acaso chegasse antes do evento, confundindo as situações. Ficou difícil colorir aquele papel em branco!
O tempo anda cada vez mais rápido, e mesmo sabendo que o tic-tac do relógio anuncie isso, espera-se que tudo seja como estava nos planos.

domingo, 11 de novembro de 2012

Eu posso tudo!


Ainda te levo comigo.
Ainda existe amor em mim.
Ainda posso gritar aos quatro ventos
e dizer que sim, ainda te amo.
Ainda posso correr ao teu encontro
e pedir que nunca me deixe.
Posso chorar sem medo do que os
outros vão pensar.
Ainda posso ser boba e as vezes chata cada vez que te
vejo e sempre repito que te amo.
Ainda posso tudo, desde que esteja ao meu lado.
Ser tudo o que eu quiser e cada vez mais, sem medo
do que pode acontecer, por ser intensa ao extremo.


Tudo diferente


De repente ficou estranho ser moderno.
As cores não são mais as mesmas, tudo ficou fora de lugar, ate mesmo o que parecia enraizado no chão de repente mudou facilmente, como uma pena solta ao vento.

Valorizar o simples.




Então você começa a reclamar, dar importância a coisas supérfluas esquecendo totalmente das coisas simples mas de grande valor. A simplicidade é difícil. É só o que tenho a dizer: Quão simples você consegue ser? 
Quando se começa a entender que tudo virará pó. Tudo o que vem da simplicidade é verdadeiro e único.

terça-feira, 6 de novembro de 2012

É possível.



Um muro bem alto eu vi logo ali. Mas havia uns destroços de uma casa, aproveitei minha criatividade e fiz uma escada bem alta... No ultimo degrau resolvi voltar, pegar o que sobrou daquela casa e fiz um pequeno lugar pra viver,cheio de felicidades, do outro lado do muro. Sempre é tempo de recomeçar. Pois tudo depende da importância que você dá, afinal nada é impossível.

Prih :P

quarta-feira, 20 de junho de 2012

Pessoas e coisas

É muito fácil e talvez até comodo dizer coisas egoístas e, talvez pra você tenham sido só palavras ditas em momentos de tensão. Sinto dizer que se foram ditas é por que realmente se quis dizer. Palavras ditas expõe a alma, porém ninguém jamais assumi isso.
Pessoas e coisas são muito parecidas. Talvez essa frase tenha sido um pouco estranha, mas se olhar a sua volta talvez entenda! 

por: Priscila Alencar.

Pedacinhos


Juntei passos, palavras, pessoas... e nem vi o sinal de tudo que foi dito. Talvez não fosse bem o momento de fingir que não tinha percebido, mas não há nada de errado nisso. Tem horas que não me aguento!
Não leve a mal, eu que as vezes sou insana e pulo de um precipício só para ver o tamanho de minhas asas e de como elas são lindas durante cada voo.

por: Prsicila Alencar

sábado, 2 de junho de 2012


Não sou nenhuma intelectual, nem "gente grande", nem sei o bastante da vida pra ensinar alguém. Mas tenho certeza que todas as provações da vida que já passei, fizeram com que me fortalecesse a cada dia, mais do que eu imaginava, que posso até derrubar Golias !


por: Prih Alencar

Pensamentos do Facebook

domingo, 27 de maio de 2012

Desabafo!


Milhares de vezes você para um pouquinho pra pensar em sua vida, desde a infância, até o atual momento. Nossa! Quanta imaturidade, quantas coisas poderiam ter sido diferentes, quantos pessoas fiz sofrer por causa disso. Talvez pense a  seguinte frase; Eu não mudaria nada. Claro que mudaria!
Não há como voltar e fazer um novo começo, mas posso traçar um novo caminho e fazer um final feliz pra minha história, e quem sabe assim ser feliz e deixar que o destino me ajude a traçar os melhores caminhos que irei percorrer.
Tenho muita saudade de mim, das minhas risadas, brincadeiras... Não perdi minha essência apenas esta adormecida. Me encontro no momento uma pessoa triste, sinto-me incapaz de fazer coisas que antes para mim eram fáceis e simples. Sempre sofri por me doar de mais para as pessoas, e sempre me decepciono com elas.
Mas não perdi a fé na humanidade (risos).
Mais uma vez por amar de mais me entrego por inteiro, as vezes me torno mãe, amiga, companheira, irmã...e nem mesmo assim parece que não sou merecedora de ser mais do que isso. Ame-me quando você achar que não precise naquele momento, pois é justamente quando eu vou precisar.


Por: Priscila Alencar

sábado, 19 de maio de 2012

Talvez entenda.


Tente tocar o céu sem tirar os pés do chão, apenas desprenda-se.Não tente me entender, eu ainda estou trabalhando nisso, por que ainda somos jovens e podemos mudar agora. E apesar de tudo tento juntar as palavras soltas durante o dia, enquanto meus pensamentos estão distantes.Eu quero mais, espero mais, porque preciso de um pouco mais de amor, tenho medo do que estou sentindo, é incomum e talvez não haverá cura. Construa essa historia comigo, seja meu amigo, meu amor, meu companheiro pegue em minha mão e vamos juntos trilhar nosso caminho. Só quero a paz, e quem sabe ter você comigo por vidas!Quem sabe um dia possa dizer tudo que vem se amontoando na minha cabeça, e você sabe um pouco de mim quando me olha... Não sei se ainda posso contar com isso a meu favor, pois a cada dia fica mais difícil tentar tirar de mim um sentimento que vem crescendo sem controle. Talvez você entenda!


Por: Priscila Alencar.

sexta-feira, 18 de maio de 2012

Voar é dominar o espaço.




Voar é dominar o espaço e conquistar seu lugar entre os seres. Liberdade do espirito acontece logo após o adormecer do mundo. Sempre que o mundo adormece, os espíritos se encontram, por isso o Déjà vi. Liberdade, uns querem, outros não, outros necessitam dela para sentir que estão vivos, pois precisam dessa intervenção para curar-se das imperfeições da vida primária. Não obstante, esses envolvimentos permitem a evolução. Entregar-se, é flutuar com todo prazer de estar quem sabe mais perto de se mesmo, essa evolução é lenta mais não impossível.
Em sintonia com o Universo as forças do amor podem fazer milagres constantes, para alguns chega a ser inabalável a tranquilidade e o modo de como passa a ver o mundo de outra forma.
Amar mais, agradecer mais, sorrir mais, abraçar mais, ser caridoso... Se todos fizessem um tanto mais das coisas que são boas para o espirito o mundo seria mais sereno.

Por: Priscila Alencar.

quarta-feira, 16 de maio de 2012

Verdades Absolutas.




É simples e notória que nem sempre existam verdades absolutas. Algumas omissões por vezes recebem o codinome de "proteção". Parecem mentirinhas, mas tudo bem! Os sentimentos podem ser expostos quando no jeito de olhar ao"omitir" coisas, acabam entregando você em apenas alguns segundos. Enganar seus próprios sentimentos pode ser mais que perigoso, é doloroso. Sabe o tempo? Então, ele não passa tão devagar quando se espera verdades absolutas, ainda assim acredita-se que há tempo para falar tudo que tenta esconder do outro para  protegê-lo. Nem sempre essa proteção é absorvida. Só preciso da verdade absoluta!
Não preciso de meias palavras, nem tão pouco de meias verdades, preciso apenas que seja verdadeiro, intenso e permanente. Simples ações demonstrações e definem sua personalidade. Quanto mais o tempo passa,mas desconheço... Talvez não conhecesse!

Por: Priscila Alencar


terça-feira, 15 de maio de 2012

Pensamentos Soltos.




Pensamentos Soltos. 
É evidente que cada momento inesquecível ficará marcado na memória. E com o passar do tempo, descobrimos que partilhamos sentimentos que jamais pensaríamos que um dia fossemos sentir diante de situações por vezes complicadas. A força que vem de dentro do coração às vezes cala a razão. Mas será que a razão é sempre racional diante de tantos acontecimentos? Contudo, esta parece tão fria e confusa, que nos faz pensar: Onde estaremos daqui algum tempo? Quem serão nossos amigos?  O que estaremos vestindo?... Futuro. 
Quantas vezes já olharam para trás e quiseram fazer tudo diferente? As respostas são inúmeras!
Um fato notório dessa vida são as constantes formas de pensamentos, de como fazer tudo dar certo, mas não existe receita para tal. Já ouviram falar que tudo acontece por que tinha que acontecer? É isso, tudo tem que ser como já estava no script. Não há razão, não há motivo, causa, mas há circunstância.
Então você diz que cometeu um milhão de erros. E os acertos, não conta? 
Somos imperfeitos, porém humanos capazes de mudar tudo o que nos faz mal, pois podemos fazer das imperfeições lições para acertos nas próximas vidas!
Outro fato. Pensamentos soltos!
Mas esses não podem ser expostos!

Por: Priscila Alencar


quarta-feira, 2 de maio de 2012

Somos detentos do poder de mudar nossas atitudes.



Em uma manhã, ao abrir a janela, o sol com seus raios  impactantes, iluminam com pequenas partículas douradas o rosto amargurado. Ao receber essa pequena e singela benção, ela pôde perceber que não há motivos para amarguras, pois o maior presente que se pode receber é a vida!
Existe alguém não tão distante, que ouve suas suplicas e sempre estará ao seu lado. A fé, é a manta que deve cobrir o corpo cansado, de quem não pode desistir de lutar. Mesmo que tudo pareça acabado, ainda assim,há uma luz que envolve e protege aquele que ainda tem fé. 
Criaste para si um núcleo da divindade, quando acredita em se mesmo, quando sem cessar luta bravamente por aquilo que precisa. Do que ela mais gosta?
Ora, das nuvens. Que mais parecem algodão doce que as fazem lembrar das alegrias em um tempo de inocência,pluralidade das coisas e os sabores da vidas. Libertar-se da esfera
da angustia é um poder que esta em nossas mãos.
Viver, viver... 

por: Priscila Alencar



sexta-feira, 27 de abril de 2012

Um fato.



Um fato.


O que é mesmo direção?
Para onde vamos, e o que vamos
fazer de hoje em diante?
Mesmo no descompasso do compasso
apreço meu passo.
Não sou por acaso um ser iluminado
e nem tanto assim amado...
Um tanto mais de amor espero de
te. Um tanto mais de carinho e quem sabe
ate, um pouco mais do teu sorriso.
Ate bem pouco tempo atrás, estas palavras
não seriam expostas, nem tão pouco se espera
que sejam ditas.
Um fato cada vez notório são os arrepios.
Vivendo em sintonia, vou tentando não sair
da direção que sempre me leva para caminhos
nem tanto assim "certos". Preciso que o Universo
conspire a nosso favor.
Preciso muito de te, e cada vez preciso, cada
vez mais. Porque multiplico a saudade e a vontade
de cada vez mais sentir você aqui comigo. 
Só você me faz bem, me faz sentir de novo 
as melhores sensações de um tempo nem tão distante. 
Enfim. Preciso um tanto mais de te.Saudades sim!


por: Priscila Alencar





domingo, 22 de abril de 2012

As cores.



As cores.


Verde, rosa, azul, branco, amarelo.
Essas são as cores de quando conheci você
e assim constantemente.
O tempo cada vez mais traiçoeiro, passa
tão depressa quando você esta por perto.
Fazendo com que eu tente transformar os minutos
em horas, só para tê-lo eternamente. Mas que
bobagem, quem pode ter a eternidade consigo?
Decididamente preciso dizer que o que venho sentindo não se pode explicar. Mas como tentar explicar o inexplicável sentido das cores dos dias e noites que passam arrastados? Contudo simplifico o que passa comigo agora, agora mesmo.
Como explicar o sentido da vida, dos encontros e dos olhares que por muitas vezes chegava a paralisar o mundo.Mas o que é realmente o amor? Se sinto, não entendo.Se já senti não explico.
Portanto só posso simplificar o que se passa comigo agora,agora mesmo...Reticências em todas as frases.Ainda assim tento pôr um ponto final.


Por: Priscila Alencar

domingo, 1 de abril de 2012



Sete anos passaram muito rápido
Me acorde quando setembro acabar
Lá vem a chuva de novo
Caindo das estrelas
Encharcado na minha dor de novo
Tornando-nos quem nós somos
Enquanto a minha memória descansa
Mas nunca esqueço o que eu perdi
Me acorde quando setembro acabar
O verão chegou e passou
A inocência nunca dura
Me acorde quando setembro acabar
Lá vem a chuva de novo
Caindo das estrelas
Encharcado na minha dor de novo
Tornando-nos quem nós somos
Enquanto minha memória descansa
Mas nunca esqueço o que eu perdi
Me acorde quando setembro acabar
O verão chegou e passou,
A inocência nunca dura
Me acorde quando setembro acabar
Assim como meu pai se foi
Vinte anos se passaram muito rápido
Me acorde quando setembro acabar


Green Day - Wake Me Up Mp3
Musicaddict.com

sábado, 31 de março de 2012

Só mais um minuto.


Só mais um minuto.

Apenas em um minuto tudo simplesmente desmorona na sua frente, e do que você mais precisa, é só apenas um minuto, para dizer "tudo"... O tempo sempre nos faz silenciar quando a primeira lágrima escorre pelo seu rosto, expondo tua alma de uma tal forma, que nem você mesma poderia acreditar que ali, de frente para o espelho, reflete um rosto triste, e no pensamento apenas a vontade de não está ali.Não... Essa não sou eu!
Engana-se quem acredita que se pode gostar de alguém mais ou menos,portanto pode-se ver que todo sentimento adormecido pode ser exposto sem que se perceba que, mais uma vez é ignorado todas as precauções.
Confesso que mais uma vez esqueci de mim, que mais uma vez, deixei o mais importante ir embora, escapando de minhas mãos. Estava ali o que eu tanto esperava, o que sempre me fez sorri, e ainda não posso acreditar que não tive o poder de deixar que o tempo pudesse ser eterno, mesmo que apenas por um minuto.
Não me sinto culpada por não ter havido tempo, contudo posso dizer que ainda existe tempo para dizer que ainda te amo...

Por: Priscila Alencar.

quarta-feira, 28 de março de 2012

Tento entender.


Tento entender.


Ainda imatura, e as vezes egoísta comigo, temia que 
tudo acabasse, e talvez por isso nem conseguisse respirar, 
por medo de perdê-lo.
Temia por mim, por minha obsessão de ama-lo
de mais, esquecendo totalmente de mim.
Ama-lo era o que me mantinha viva, tornando-me cada
vez mais dependente de ti, e de tudo aquilo que sempre 
pensei que seria inacabável. Olho para trás e tento entender opor que, não choro mais.


Por: Priscila Alencar





Parece impossível.


Parece impossível.




De tudo o que tenho feito para te levar para longe de mim,
a única que persiste é sempre ver você em todos os lugares.
É impossível tentar lutar contra mim mesma. Entre encontros
e desencontros, posso dizer que a minha única certeza, é que sempre vou te levar comigo.Você me faz cantar!
Meus olhos ficam marejados cada vez que lembro de tudo que
poderíamos ter vivido juntos. Sei que não posso e não devo mais lutar por ti, mas é incessante a dor da vontade de te ter aqui perto de mim, pois as lágrimas são cada vez mais incontroláveis, sinto-me só e perdida. Temo por não saber lidar com toda essa saudade que tenho no meu peito, onde no silêncio da noite não posso ouvir meus gritos, acredito que agora tudo faz sentido.


Por: Priscila Alencar.





Sou - Nós.


sou - nós.


Quando estou com você, sei quem sou. E quando nós estamos
distantes, tudo fica sem cor.
Sei que sempre estaremos juntos, em todo e qualquer
momento de nossas vidas. Mesmo que isso não aconteça,
ainda assim, estaremos juntos. E nem a distancia conseguirá
apagar dos meus pensamentos o teu sorriso que sempre me encantou. 
Prefiro de ter por perto, porque só nós entendemos todo essa loucura que chamamos de amor.
Não há razão nem explicação para tudo o que o coração nos apronta, contudo é preciso dizer, sossega coração!
Parece loucura que eu consiga aquetar um coração que a cada dia fica descompassado com a distancia que há entre nós.


Por: Priscila Alencar

segunda-feira, 26 de março de 2012

Do meu jeito.



Do meu jeito.


Acordei e vi que o mundo estava diferente.
As pessoas não eram as mesmas, pareciam mais
felizes, compreensivas e caridosas.
O mundo estava tão diferente!
Os olhares, os gestos e as palavras cada vez mais
amáveis. Ainda assim não poderia acreditar que aquilo
era verdade. Tudo parecia tão diferente!
Pode-se escutar ao longe os sussurros:
Amem! Apenas amem de verdade!
Enquanto isso, a andorinha voa longe com o privilégio
de ver o infinito horizonte.
Mesmo que essas palavras pareçam estranhas e sem nexo, 
me conforta quando acredito em um mundo do meu jeito.


Por: Priscila Alencar.

Venha o que vier.



Venha o que vier.
Não diga que não fez o bastante para fazer 
feliz quem você ama.
Não ache que não houve tempo para dizer
tudo o que queria dizer. Agradeça a oportunidade de ter havido um anjo em sua vida, mesmo que por pouco tempo, e saiba que esse mesmo anjo esteve e sempre estará ao seu lado. 
E se tuas palavras e gestos foram de coração, então você disse tudo e fez o bastante.
Temos nosso próprio tempo, passamos por esse mundo deixando pessoas queridas, mas na certeza de que ainda possamos um dia nos encontrar novamente. As alegrias desse novo tempo sempre irão marcar vida após vida.
Por tudo isso não chore, não diga que poderia ter feito mais, que você não terá forças. 
Pois o mesmo anjo que passou por sua vida sempre estará por perto dando-te forças para que cada queda seja uma lição de vida.
Se sentir saudades, cante nossa musica favorita, lembre de nossas piadas,se puder feche os olhos e tente tocar a estrela mais distante do céu.
O amor cura as magoas e fecha as feridas. Apenas ame, ame muito...


Por: Priscila Alencar

quarta-feira, 21 de março de 2012

Nós é que somos diferentes.


21 de março dia internacional da síndrome de donw.

Nós é que somos diferentes. 
Pois nós que vemos a vida de um jeito complicado, 
e não sabemos enfrentar a realidade.
Nós é que não rimos à toa, por achar que não é o 
momento certo para tal.
Nós é que somos doentes pelos nossos preconceitos.
Nós que somos infelizes por nascermos diferentes e não
fazemos esforços para mudar isso.
A vida é complicada para quem não tem fé e nem esperança 
de que tudo pode ser normal.

Por: Priscila Alencar.



sábado, 17 de março de 2012

Quem errou?


Quem errou?

Não se culpe por não te amar mais, nem pelas lágrimas que derramei quando tentei mostrar tudo aquilo que poderia ser feito para não nos afastarmos aos poucos. Não se culpe por não ver todos os sinais expostos a sua frente, deixando sempre o mais importante de lado. Ainda assim, não sei quem errou! Quem deixou escapar das mãos tudo o que já havia sido construído há um tempo. Não sofro e não te julgo. Peço que nada de bom seja esquecido, e que todas as nossas risadas por coisas que muitas vezes eram tão bobas. Realidade as vezes machuca, mas te ensina a ver as coisas de uma outra forma. Saudade de um jeito especial,sem magoas. Apenas lembranças de um tempo não tão distante, e nem tão infinito... Nossa! Quanta tempo, quantas sensações, quantas palavras ditas, em um mundinho feito de sonhos intensos. Tantos sinais, nenhum percebido.

Por: Priscila Alencar.


sexta-feira, 16 de março de 2012

Purifica-te.





Purifica-te.

Purifica teus sentimentos e tua alma. Controla teus anseios, e centraliza tuas forças e pensamentos naquele que sempre irá te ouvir.
Mantenha seu ponto de equilíbrio, e não afasta de te, as energias boas, as alegrias, e o amor.
Seja puro ao receber criticas, e se alguém te ofende filtra toda energia negativa que saiu das palavras daquele que te quer o mal, passando para o mesmo, toda a tua pureza e teu escudo.
Sinta a força do universo ao ouvir tuas palavras, e não chores mais.



por: Priscila Alencar

quinta-feira, 15 de março de 2012

Faça valer a pena.



Faça valer a pena.

Valorize, Curta, Chore, Sorria, entregue-se intensamente ...
Faça a vida valer a pena cada minuto, sempre valorizando
o que realmente é bom e te faz bem. 
Curta tudo o que te faz sorrir. Chore quando valer a pena .
Sorri ate das coisas mais simples. Entregue-se as coisas 
boas da vida, porque ao final de tudo, isso vai definir quem você é.
Ninguém pode dizer que não existe  razão pra tudo o acontece em 
nossas vidas. Não espere voar e chegar ate as nuvens, se você nem 
consegue tirar os pés do chão.
Por tudo isso Sorri, Abrace, Beije, Ame, faça tudo para fazer feliz 
quem te ama e te quer bem. 
Enquanto houver tempo, dê um sorriso.
Enquanto houver tempo, abrace.
Enquanto houver tempo, beije.
Enquanto houver tempo, diga que ama, ama, ama muito...
Enquanto houver tempo, haverão oportunidades.
Enquanto houver oportunidade, sempre haverá tempo pra dizer
EU TE AMO!
Não deixe para depois, ele pode ser eterno. SEJA INTENSO!


por: Priscila Alencar


quarta-feira, 14 de março de 2012

Cazuza, poeta romântico.


Preciso dizer que TE AMO. Te ganhar ou perder sem engano.

Sou meu próprio vicio.


Sou meu próprio vicio.

Sou meu próprio vício, ignoro toda e qualquer
precaução. Meu corpo levita e vai para bem longe 
do meu eu, e tudo o que eu queria, é que ele não chegasse 
ate você.
Mas como impedi-lo se sou o meu próprio vício, chego a pensar
que não existi cura. Toda pureza que vem do teu olhar, me chama
e me prende. Preciso de antidoto.
Não quero ser mais quem eu sou, ao menos por um dia, só para ver
como sou, como falo e ajo quando meus pensamentos me levam a você.
E quem sabe assim, quando o sol nascer novamente eu possa me entender.

por: Priscila Alencar.

Vento amigo.


Vento amigo.

Vento amigo, leva contigo todas as magoas 
e angústias que a em mim.
Peço-te que quando voltares traga contigo 
todo amor perdido que havia em mim.
Não quero mais chorar e nem  me maltratar. 
Seca as lágrimas, e só as traga quando houver 
a minha volta o amor que havia se distanciado de mim.

por: Priscila Alencar



Em outra vida.



Em outra vida.


A quem pertence tanto amor, tantas palavras?
Quem sabe em outra vida nos encontraremos 
e assim possamos viver o amor perdido pelo destino. 
Ainda que estivesse longe de tudo aquilo que julgava
ser o mais importante e eterno, não havia ali o que pudesse
impedir que os olhos fizessem seu papel. 
O teu sorriso deixou tudo mais colorido. 
A tua felicidade irá me fazer bem, então vou seguir meu caminho, 
deixando que o tempo guie meus pensamentos, me distanciando de você. 
Talvez em outra vida possamos voar juntos novamente e viver tudo 
aquilo que ficou adormecido.


por: Priscila Alencar.

Meu enigma.




Meu enigma.


Talvez ainda com olhos de menina
não havia percebido que você esteve
ao meu lado em todos os momentos
da minha vida.
Então descobri o segredo do enigma,
que por tanto tempo havia procurado em
outros olhos que na verdade eram vazios.
Descobri que o tempo é capaz de mostrar
que nada é impossivel nem mesmo tocar a
estrela mais distante do céu ....


por: Priscila Alencar.

Lentamente.


Lentamente.


Esqueça-me lentamente.
Meu coração ainda pulsa 
ao lembrar de ti. 
Lentamente esqueça dos meus beijos.
Lentamente esqueça dos meus abraços
Lentamente esqueça dos leves toques das minhas mãos.
Lentamente esqueça dos meus carinhos.
Peço que, por favor, não esqueça do nosso
primeiro beijo. E se realmente for me esquecer, esqueça-me
Lentamente.


por: Priscila Alencar.

Destino.




Destino.


O destino existe para traçar caminhos a serem seguidos...
E eu mais uma vez tento entender coisas
que não podem ser entendidas...
Foi o acaso o culpado de tudo. Parecia tão
inocente, e de repente foi tomando dimensões
inesperadas....
Palavras ditas com tanto sentimento, força!
Algumas o vento levou, outras permaneceram,
porque quando ditas, mostram a força que tem.
E mais uma vez o destino se encarregou
de traçar um novo caminho, sei que nesse
caminho vou encontrar a calmaria...
O caminho que antes percorri para chagar
ate aqui, me ajudou a encontrar alguém que
a muito tempo procurava ...
E hoje renovada protege aquele
que esperou por tanto tempo a proteção das asas de um
ANJO !

por: Priscila Alencar

terça-feira, 13 de março de 2012

Você quis partir.



Você quis partir.


Acho que você não percebeu o quanto meu sorriso era sincero.
Eu não me perdi, ainda que tudo parecesse diferente, sei que guardas
um pouco de mim em te. Me leva em teu olhar, e não abandona esse 
coração que sempre será teu. Você quis partir, me deixando em mil pedaços.
Esta tudo tão estranho, os dias e noites ficaram tristes, tendo agora 
que me acostumar com teu silêncio. 
Pobre coração, quando o teu estava comigo, parecia que toda aquela 
magia nunca iria acabar. Ficou comigo apenas a saudade mais bonita.


por: Priscila Alencar.

Pingos de chuva.



Pingos de chuva.


Cada gota que cai do céu lembro-me dos pequeninos pés 
correndo sem direção, com os braços abertos como se tivessem asas.
A inocência do sorriso, e dos olhos marejados, de alguém 
que só queria correr de novo e sentir os mesmos pingos de 
chuva que escorriam pelo rosto da pequena menina sem limites.


por: Priscila Alencar.

Vida Minha


Vida Minha

O outro agora vivi minha vida.
As paredes ao meu redor começam a se fechar...
Me julgam e me sufocam. E quem conhece minha essência, fecha
os olhos me dizendo adeus. Enquanto isso me equilibro entre o dia
e a noite. Agora o outro vivi minha vida. E o que tenho, é o que me resta.
Sou uma copia do que falo, e apesar de tudo isso estou pronto para mais uma.

por: Priscila Alencar.


segunda-feira, 12 de março de 2012

Tempo passado.




Tempo passado.

Porque tem que ser assim?
Não era um devaneio, afinal sempre houve um pouco de 
loucura em tudo isso que chamávamos de infinito, e agora 
que tudo parece mais calmo sinto falta da insanidade que
todos diziam que tínhamos ...
Não vou parar, vou seguir, sei que ao final, tudo vai ser o 
que tinha que ser, mas ainda posso mudar a trajetória.

por: Priscila Alencar.

Não sou dona do meu tempo.




Não sou dona do meu tempo.


Minhas ações e pensamentos me guiam, e vou enxergando 
meu caminho...
Sinto que meu caminho é iluminado por anjos de luz!!
Meu coração, minha mente e alma, estão calmos pois
encontrei a serenidade! A liberdade do corpo flutua
na madruga, onde todos os pesamentos se encontram 
em um quarto escuro, e na fresta da janela encontra-se 
uma luz, que tem nome de FÉ! Anjos de luz,iluminem meu caminho !

por:Priscila Alencar